Faça Sua Contribuição

BANCO DO BRASIL
Agência: 0213-5
Conta Corrente: 8.617-7
CEDEDICA-VALE DO JEQUITINHONHA

Voluntário

Parceiros

Logo Fundação1

logo jpg

PEDRA AZUL

adaime

Oficina

Siga-nos no Facebook

Uma manhã diferente, marcada pela cidadania, alegria e brincadeiras: PDF Imprimir E-mail

Foi assim o Dia Nacional da Esperança, em Pedra Azul - MG, realizada pelo CEDEDICA-VALE . Com participação de diversos parceiros. O evento aconteceu no dia 16 de agosto em frente à sede da instituição, contou com varias ações e prestação de serviços gratuitos de cabeleireiro, saúde, aula livre de zumba, emissão de carteira de identidade e trabalho, atendimento psicossocial e brinquedos e brincadeiras (cama elástica, pintura em rosto, pipoca e algodão doce).

Segundo Tiago Costa, Educador Social do projeto "Juventudes em Foco", "a participação de crianças, adolescentes, jovens e famílias, foi de suma importância para estabelecer e fortalecer vínculos com a instituição".

Agradecemos a todos os parceiros que abraçaram conosco essa causa e fazendo com que esse dia fosse uma grande festa a favor da esperança e uma!

Foram parceiros deste evento: ACIAPA, Alex Viana, CBL (Companhia Brasileira de Lítio), Charles Damasceno, Equipe da Casa da Cidadania, Equipe da Policia Civil, Equipe da Secretaria de Saúde, Equipe do CRAS, Equipe do ITEP, Leo Nascimento, Loja Pedregulho, Lorinho da Pousada Pedra Azul, Mercearia Silva, NUPREC, Palhaço Fumaça, Papelaria Arte Manhas, Policia Militar de MG, Prefeitura Municipal de Pedra Azul, Rádio Comunitária Cidade FM, Secretaria de Cultura, DHE Desenhista, Funcionários do CEDEDICA- VALE e Conselho Tutelar.

 

para_site_dia_da_esperana_2

para_site_dia_da_esperana

para_site_dia_da_esperana_3

para_site_dia_da_esperana_4

 
CEDEDICA-VALE inicia diagnóstico de comunidades periféricas PDF Imprimir E-mail
A equipe do Projeto "Juventudes em Foco" iniciou no dia 02 de Junho, o mapeamento das comunidades onde serão desenvolvidas as atividades da segunda fase do projeto. O objetivo é traçar um diagnóstico do potencial mobilizador das comunidades, ofertas de serviços públicos e pólos de informações.

A primeira comunidade visitada foi o Bairro Conceição, popularmente conhecida como "Ladeira". Na comunidade, que se estende em torno da Avenida Antônio Emídio, a equipe foi recebida por moradores como D. Araci Gomes. Moradora do bairro há 54 anos, mudou para a Ladeira quando as casas ainda eram feitas barro e capim.

Outra personalidade encontrada foi o Sr. Geraldo, sanfoneiro de 69 anos, que mudou recentemente da zona rural para aquela comunidade e relatou um pouco sobre o cotidiano dos moradores. A juventude também apresentou seu parecer: Simão Pedro, 25 Anos, acredita que uma forma de melhorar o bairro, é a criação de uma associação comunitária. Antenado à novas tecnologias, Simão disponibliza sinal de internet de sua casa, para que os adolescentes possam se ligar às redes sociais.

Além do Bairro Conceição, a equipe passará ainda pelos bairros Cruzeiro e Planalto

Post

 
Adolescentes e jovens do Projeto "Juventudes em Foco" visitam órgãos da Rede de Atendimento PDF Imprimir E-mail

Ocupar os espaços de discussão e garantia de direitos: É nesta perspectiva que o Projeto "Juventudes em Foco", vem discutindo com adolescentes e jovens, o funcionamento do Sistema de Garantia de Direitos. Na última sexta (30/05), os participantes realizaram visitas ao CRAS, CREAS e Conselho Tutelar, onde puderam conhecer o funcionamento destes órgãos. Na oportunidade, assistentes sociais, psicólogos e conselheiros tutelares esclareceram dúvidas dos adolescentes e jovens.

escolhida03-1

 
Câmara aprova lei que proíbe castigos físicos em crianças e adolescentes PDF Imprimir E-mail

Para_site

Na última quarta-feira, dia 21, a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou a redação final da proposta que estabelece o direito de crianças e adolescentes serem educados sem o uso de castigos físicos (PL 7672/10). O projeto será analisado agora no Senado.

A proposta, que vinha sendo chamada de Lei da Palmada desde que iniciou a sua tramitação, vai se chamar agora “Lei Menino Bernardo”, em homenagem a Bernardo Boldrini, de 11 anos, que foi encontrado morto em Três Passos (RS). O pai e a madrasta são os principais suspeitos.

Segundo a proposta, os pais ou responsáveis que usarem castigo físico ou tratamento cruel e degradante contra criança ou adolescente ficam sujeitos a advertência, encaminhamento para tratamento psicológico e cursos de orientação, independentemente de outra sanções. As medidas serão aplicadas pelo conselho tutelar da região onde reside a criança.

A proposta também define que o profissional de saúde, de educação ou assistência social que não notificar o conselho sobre casos suspeitos ou confirmados de castigos físicos poderá pagar multa de 3 a 20 salários mínimos, valor que é dobrado na reincidência.

Fonte: Câmara dos Deputados

 
CEDEDICA-VALE articula a Rede de Atendimento para realização de Diagnóstico Municipal da situação da infância e adolescência de Pedra Azul PDF Imprimir E-mail

Redepp

Aconteceu na UAB (Universidade Aberta do Brasil, no dia  21 de maio, o encontro da Rede de Atendimento à Criança e Adolescente de Pedra Azul. Convocada pelo Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Vale do Jequitinhonha, a reunião contou com a participação de diversos setores com o objetivo de apresentar as estratégias para a elaboração de um diagnóstico da situação da infância e adolescência de Pedra Azul. Durante as atividades, Solange Berloffa e Roberto Cardoso, respectivamente Coordenadora Pedagógica e Assistente Social do CEDEDICA-VALE, reforçaram a importância do diagnóstico para a melhoria da atuação da rede de atendimento, bem como dos serviços e políticas voltados para o público infanto-juvenil.  Solange ressaltou ainda que esta demanda surgiu no Seminário Regional de Enfrentamento à Violência Sexual contra crianças e adolescentes, realizado no mês de Abril em Itaobim pela a Casa da Juventude em parceria com a Oficina de Imagens e a UFMG, onde estavam presentes diversas cidades do Vale do Jequitinhonha. Os dados levantados contribuíram para a elaboração de um diagnóstico regional e orientarão a elaboração de um plano municipal e regional de ação.

“O diagnóstico é de extrema importância para orientar a política municipal de atendimento a infância e a adolescência, além de estabelecer um dialogo entre a rede”. Afirma Roberto Cardoso, Assistente Social.

Redepp1

 

 
Movimento "18 de Maio" mobiliza adolescentes e jovens em Pedra Azul PDF Imprimir E-mail

18deMaio

O dia 18 de Maio é o Dia Nacional da Luta contra o Abuso e Exploração Sexual de crianças e adolescentes. A escolha da data é uma lembrança a toda a sociedade brasileira sobre a menina seqüestrada em 18 de maio de 1973, Araceli Cabrera Sanches, então com oito anos, quando foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba. Muita gente acompanhou o desenrolar do caso, poucos, entretanto, foram capazes de denunciar o acontecido. O silêncio de muitos acabaria por decretar a impunidade dos criminosos. Neste contexto, cidades de todo o país realizam diversas mobilizações em prol da causa.

Em Pedra Azul, Nordeste de Minas Gerais, a data foi lembrada com diversas intervenções e mobilizações com a participação de mais de 100 adolescentes e jovens, participantes dos projetos "Juventudes em Foco" e "Se Liga aí" do Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Vale do Jequitinhonha.

No dia 16 de Maio, os adolescentes e jovens participaram de uma passeata pelo centro da cidade, promovida pelo CREAS (Centro de Referência de Assistência Social). O evento agregou diversos setores governamentais e da sociedade civil, no intuito de sensibilizar a população acerca da causa. Já no dia 17, os trabalhos ficaram por conta dos educandos da Oficina do Projeto Juventudes em Foco (desenvolvido com o apoio do Criança Esperança). A Oficina de Mídia Tática promoveu três intervenções pela área central do municipio. Através de encenações, os adolescentes e jovens relembravam o Caso Araceli, alertavam sobre os danos causados pela violência sexual e promovia reflexões sobre a omissão da população diante destes casos.

As oficinas de Vídeo, Fotografia/Web e Rádio foram as responsáveis por documentar todos os trabalhos e produzir peças de comunicação sobre a causa! Confira algumas produções:

Vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=jn7CMn8ST2Q&feature=youtu.be

 

Vinheta:

Spot "18 de Maio"

 

Fotos e Matéria:

http://juventudesemfoco2014.blogspot.com.br/2014/05/18-de-maio-dia-nacional-de-luta-contra.html

 
Em 70% dos casos de abuso sexual no Brasil, as vítimas são crianças e adolescentes PDF Imprimir E-mail

combate_violencia

Levantamento divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) na última quinta-feira, dia 27, traça perfil dos casos de abuso sexual no Brasil. As informações são de 2011 e foram levantadas a partir do Sistema de Informações de Agravo de Notificação do Ministério da Saúde (Sinan). Foram apresentadas uma edição do Sistema de Indicadores de Percepção Social e a “Nota Técnica Estupro no Brasil: uma radiografia segundo os dados da Saúde” durante seminário organizado pelo Instituto em Brasília.

Os dados estimam que no mínimo 527 mil pessoas são estupradas por ano no Brasil e que, destes casos, apenas 10% chegam ao conhecimento da polícia. Do total de ocorrências, em 70% as vítimas são crianças e adolescentes. Nesses casos, há um histórico de estupros anteriores. Ainda de acordo com a Nota Técnica, 24,1% dos agressores das crianças são os próprios pais ou padrastos, e 32,2% são amigos ou conhecidos da vítima.

Os registros demonstram ainda que 89% das vítimas são do sexo feminino e possuem, em geral, baixa escolaridade. Para o diretor do Ipea, “o estudo reflete uma ideologia patriarcal e machista que coloca a mulher como objeto de desejo e propriedade.

Fonte: Ipea

 
“Se Liga Aí!” mobiliza adolescentes e jovens do semiárido mineiro PDF Imprimir E-mail

Já começou o Se Liga Aí! Com o objetivo de mobilizar adolescentes e jovens do semiárido para a participação social, foi formada no final de março em Pedra Azul uma turma de 35 meninos e meninas. Até o mês de junho, serão realizados encontros mensais buscando articular linguagens e técnicas da comunicação à discussão sobre participação e mobilização relacionada aos direitos da criança e do adolescente. O primeiro ciclo, realizado de 24 a 28 de março, partiu da fotografia para propor o debate sobre direitos humanos.

No segundo semestre, essa turma vai atuar como multiplicadora, compartilhando metodologias e conteúdos trabalhados com adolescentes de outros quatro municípios: Jequitinhonha, Minas Novas, Comercinho e Capelinha. Nos períodos entre os encontros, os adolescentes se reúnem em um grupo no Facebook para trocar experiências, compartilhar dúvidas e manter a conversa em dia. O projeto é realizado pela Oficina de Imagens, em parceria com a Fundação Telefônica e com o apoio local do Cededica Vale.

Fonte: http://oficinadeimagens.org.br/

Polaroid

 
"Juventudes em Foco" - Foi dado o pontapé inicial! PDF Imprimir E-mail

Começou! Aconteceram hoje (17/02), as primeiras atividades do Projeto "Juventudes em Foco". As Oficinas de Rádio e Mídia Tática deram as boas-vindas para os educandos. Além destas, acontencerão oficinas de Vídeo, Fotografia/Web/Produção Escrita, Protagonismo Juvenil e Comunicação e Direitos Humanos.  Com o lema "Produzindo Conhecimentos, Mudando conceitos, Transformando realidades" a iniciativa apoiada pelo Criança Esperança, visa o fortalecimento da participação sociocultural de adolescentes e jovens através da Educomunicação.

para_postagem1

 
CEDEDICA-VALE firma parceria com Oficina de Imagens e Fundação Telefônica PDF Imprimir E-mail

 

Mais uma parceria fechada. Desta vez para o desenvolvimento do Projeto “Se Liga Aí!”. O Projeto é uma iniciativa da Fundação Telefônica Vivo desenvolvida em parceria com a Oficina de Imagens e o CEDEDICA-VALE, que promoverá processos educativos com adolescentes e jovens, de 14 a 19 anos, a fim de desenvolver neles habilidades relacionadas às competências do século XXI, como o pensamento crítico, a comunicação e a criatividade.

Com atividades previstas para março de 2014, o projeto inicialmente formará uma turma de 30 adolescentes e jovens do município de Pedra Azul, para a participação e mobilização social em torno dos temas do Trabalho Infantil e do Trabalho Adolescente Protegido.
No segundo semestre de 2014, os participantes se tornarão multiplicadores dos processos, formando novas turmas em Comercinho, Jequitinhonha, Minas Novas e Veredinha.
Se você mora em Pedra Azul, tem de 14 a 19 anos e quer fazer parte dessa turma, inscreva-se até o dia 15 de março no link:http://promenino.org.br/Projetos/se-liga-ai, ou na sede do CEDEDICA-VALE.

 

Se_Liga

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 Próximo > Fim >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL


Desenvolvido por Eleva Brasil

 

elevadores joomla barra funda itaquera