Faça Sua Contribuição

BANCO DO BRASIL
Agência: 0213-5
Conta Corrente: 8.617-7
CEDEDICA-VALE DO JEQUITINHONHA

Voluntário

Parceiros

Logo Fundação1

logo jpg

PEDRA AZUL

adaime

Oficina

Siga-nos no Facebook

CACHOLA EMPREENDEDORA DIVULGA LISTA DE SELECIONADOS PARA A FASE 2 PDF Imprimir E-mail

O projeto Cachola Empreendedora integra a Plataforma Pense Grande da Fundação Telefônica, uma metodologia inovadora que empodera jovens de periferias a gerarem e implementarem novas soluções e oportunidades para transformação de suas vidas e do entorno. O projeto é desenvolvido pelo CEDEDICA-VALE com o apoio da Casa da Juventude e a OSCIP MONSA e em 2016, durante a primeira etapa, já atendeu cerca de 450 jovens de 08 cidades do Médio e Baixo Jequitinhonha, com idade entre 15 e 29 anos.

Para a segunda fase foram selecionados 110 jovens que participarão de 04 encontros presencias e atividades à distância com o foco na criação de empreendimentos de impacto social que atendam demandas das comunidades, com o uso de tecnologia. A seleção foi feita pela equipe do projeto, baseado no desempenho dos jovens na primeira etapa que aconteceu entre os meses de abril e junho nos pólos de Almenara, Pedra Azul e Itaobim.

Para conferir a lista de selecionados, clique aqui.

 

parabens fase 2 faceboook

 
CACHOLA EMPREENDEDORA E INSTITUTO FEDERAL DO NORTE DE MINAS INAUGURAM PARCERIA PDF Imprimir E-mail

Buscando criar soluções inovadoras para demandas locais, projeto abre turmas no campus Almenara

Na última semana, estudantes do curso técnico em Administração do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG) participaram de um intensivão do Cachola Empreendedora em Almenara. Os alunos e alunas, que cursam o segundo e o terceiro módulos, passaram por formações, atividades e exercícios em torno dos três eixos que caracterizam a primeira fase do Cachola: empreendedorismo, tecnologia e comunidade.

A estudante Beatriz Matos destacou o caráter “mão na massa” das atividades da semana: “Não foi uma coisa teórica, a gente realmente vivenciou. Deu vontade de ser real. Imagina você empreendendo mesmo uma ideia sua, você apresentar, pensar se isso que você fez vai ser útil para a sociedade”. Fabiana Cardoso, também aluna do curso, gostou do processo de pensar soluções para as demandas locais. “Vocês trouxeram novidades em relação aos nossos direitos, que a gente sabe que tem, mas ninguém cobra. Acho que isso leva a tirar os olhos do nosso próprio umbigo”.

O mês de maio encerra as formações da primeira fase do projeto no polo Almenara. Nos polos de Itaobim e Pedra Azul, há encontros agendados para junho e julho, quando serão abertas as inscrições para a segunda fase do  projeto. No segundo semestre, os jovens vão propor ideias de empreendimentos para solucionar problemas ou potencializar iniciativas de suas comunidades. As ideias serão testadas e desenvolvidas ao longo do ano, com o apoio de educadores e profissionais.

Ao fim do projeto, as soluções propostas poderão ser escolhidas para receber apoio da Fundação Telefônica.

O projeto, que está sendo desenvolvido no Vale do Jequitinhonha pelo segundo ano, integra o Programa de Desenvolvimento de Empreendedores “Pense Grande” da Fundação Telefônica, que realiza iniciativas semelhantes nos estados de São Paulo e Pará. Em Minas Gerais, recebe o nome de Cachola Empreendedora, realizado em parceria com o CEDEDICA  Vale (Pedra Azul), a Casa da Juventude (Itaobim), e a organização MONSA (Almenara), além do apoio recente do IFNMG.

View the embedded image gallery online at:
http://cededica-vale.com.br/#sigProGalleriaf2ac349e5d

 
RECUPERANDOS DA APAC DE PEDRA AZUL PARTICIPAM DO PROJETO CACHOLA EMPREENDEDORA PDF Imprimir E-mail

Aconteceu na APAC de Pedra Azul, nos dias 06 e 07 de maio de 2016, a primeira etapa do projeto “Cachola Empreendedora”, com a participação de 40 recuperandos.  Através de atividades makers, dinâmicas e games, foram trabalhados conteúdos relacionados aos temas Empreendedorismo, Social, Tecnologia e Comunidade.

As atividades foram marcadas por muita alegria e envolvimentos dos participantes. Destaque para atividade de montagem dos carrinhos de gambiarra. Com objetos de uso cotidiano, os participantes foram desafiados a montarem um carrinho automatizado com motor e pilha. As montagens finais, além de trazerem ideias diversificadas e criativas, reforçaram a vocação dos participantes para a cultura “faça você mesmo”, também conhecido com Movimento Maker que vem se tornando uma tendência global.

APAC - carrinhoedred

“Além de contribuir para o desenvolvimento pessoal dos participantes, que participaram ativamente, dentro de um centro de reintegração social o projeto ganha novas perspectivas. Amplia os horizontes, tanto de quem participa quanto de quem ensina.” Afirma William Nascimento, educador do “Cachola Empreendedora”.

O projeto

O “Cachola Empreendedora” é uma iniciativa do CEDEDICA-VALE em parceria com a Fundação Telefônica e atende jovens de 15 a 29 anos  do Vale do Jequitinhonha, com o objetivo estimular o desenvolvimento de soluções inovadoras com tecnologias para demandas da comunidades locais. 

DSC 0066-1red

A APAC

A APAC (Associação de Assistência aos Condenados) é uma entidade privada sem fins lucrativos, com o objetivo de auxiliar a justiça na execução da pena, através da ressocialização dos condenados. Em Pedra Azul, o Centro de reintegração Social foi inaugurado em agosto de 2012.   

 
18 de maio: Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes PDF Imprimir E-mail

18 de maio 2016

Breve histórico

A data foi escolhida nacionalmente em menção ao crime ocorrido em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória, Espirito Santo. Aracelli era uma menina de oito anos quando foi raptada, drogada, violentada e, já morta, teve o corpo carbonizado por um grupo de jovens da classe média alta daquela cidade. Apesar da natureza hedionda, o crime prescreveu impune.

A proposta da criação da data partiu da então deputada, hoje Deputada Federal, Rita Camata (PMDB/ES), Presidente da Frente Parlamentar pela Criança e Adolescente do Congresso Nacional, por intermédio de projeto de lei de sua autoria que, posteriormente, aprovado pelos congressistas e sancionado pelo então Presidente, Fernando Henrique Cardoso, converteu-se na Lei nº. 9.970/2000.

No dia 18 de Maio acontecem vários eventos em diversas cidades brasileiras, com a intenção de sensibilizar a população em geral e os formadores de opinião, a fim de motivar ações espontâneas das pessoas pela proteção de crianças e adolescentes.

Fonte: Promenino Fundação Telefônica.

 
FUNDAÇÃO TELEFÔNICA SELECIONA 15 EMPREENDIMENTOS JUVENIS PARA SEREM INCUBADOS, 03 SÃO DO VALE DO JEQUITINHONHA PDF Imprimir E-mail

A Aliança Empreendedora divulgou na última segunda-feira, 18 de abril, o resultado final da incubação do Programa Pense da Grande da Fundação Telefônica. O processo que tem por objetivo apoiar o desenvolvimento de jovens empreendedores, selecionou 15 empreendimentos juvenis em todo o país, sendo 03 do Vale do Jequitinhonha.  Entre eles está a iniciativa Pelos Social, que foi desenvolvida por adolescentes participantes do Projeto Cachola Empreendedora no ano de 2015 em Pedra Azul.

A equipe visa o desenvolvimento de uma ONG para trabalhar na busca, tratamento e acolhimento dos cachorros de rua, com o intuito de diminuir a transmissão de zoonoses (doenças e infecções transmitidas para o homem através de animais) e em paralelo estimular a criação de um centro de zoonoses na cidade de Pedra Azul. Os jovens pretendem envolver toda a população nesse processo, de forma a oferecer mecanismos (Facebook, site e aplicativo) que possibilitem ao indivíduo indicar o local onde exista um cachorro de rua e suas características. Dentre as expectativas da equipe, está a realização de adoções e recolhimento de doações para a manutenção do Projeto.

DSC 0055edred

“Fiquei surpreso e feliz ao saber que nossa ideia poderá se concretizar. É uma porta se abrindo tanto para cada um dos membros do grupo, quanto para a população de Pedra Azul”, afirma Bruno Neponucena, 15 anos, integrante do Pelos Social.

Os outros dois empreendimentos do Vale do Jequitinhonha selecionados na incubação são o Canoa Maker, que visa a criação do primeiro Maker Space da região e o Vale sem Silício, que trabalha a problemática do descarte de lixo eletrônico. Ambos os projetos foram criados durante as atividades do Cachola Empreendedora em Almenara, que em 2015 foram desenvolvidas pela Oficina de Imagens .

Conheça outros projetos desenvolvidos em 2015 no Polo de Pedra Azul.

Coolnect

Inobraile

Imove

 
Inicia o Projeto "Cachola Empreendedora" nos Polos de Pedra Azul e Almenara. PDF Imprimir E-mail

Empreendedorismo Social, Tecnologia e Comunidade. 

Foi em torno destes eixos temáticos, que o projeto “Cachola Empreendedora” iniciou seus trabalhos nos polos de Almenara e Pedra Azul. Os jovens participantes com idade entre 15 e 29 anos, realizaram diversas atividades no período de 04 a 17 de abril. O projeto é uma iniciativa da Fundação Telefônica Vivo, desenvolvido pela instituição CEDEDICA-VALE, em parceria com outras duas instituições - a Casa da Juventude (Itaobim) e da Oscip MONSA (Almenara).

O objetivo do projeto é estimular o desenvolvimento de soluções inovadoras com tecnologia para demandas das comunidades locais. No polo de Pedra Azul as oficinas foram ministradas pelos Educadores Sociais Lidyane Barbosa e William Nascimento, para duas turmas nos turnos vespertino e noturno. Segundo Lidyane Barbosa, devido a disseminação do projeto pelos jovens que já haviam participado do mesmo no ano passado, e da mobilização realizada através de oficinas feitas durante o período de divulgação, este início do projeto “Cachola Empreendera” está sendo um sucesso. Durante as oficinas, percebeu-se grande interesse dos jovens, principalmente durante a abordagem dos conteúdos de tecnologia. “As turmas são muito interessadas e os jovens tem muita vontade e proatividade, pontos mais do que positivos para o desenvolvimento de ótimas ideias. ” 

Cachola AlmenaraEd4red

Na cidade Almenara, as formações aconteceram de 09 a 17 de abril e foram os Educadores Sociais Caroline Abreu e Warley Santos, com o apoio de Débora Amaral, técnica na área de empreendedorismo que juntos ministraram a oficinas para três turmas, uma durante a semana e duas nos finais de semana. As turmas foram formadas por jovens das cidades de Almenara, Jequitinhonha, Bandeira e Rubim e do distrito de Pedra Grande.

Neste primeiro modulo, foram trabalhados os conceitos básicos de Empreendedorismo e Tecnologia e priorizados exercícios voltados para a cultura maker. Além disso, os participantes foram estimulados a pensar e discutir sobre o seu projeto de vida e os direitos garantidos pelo Estatuto da Juventude. Nos próximos dias, serão realizados encontros com outras três novas turmas.

Para o presidente do CEDEDICA – Vale, Fabiano Leite – “ O projeto Cachola Empreendedora aproxima a comunidade dos jovens, através do desenvolvimento de conceitos associados a tecnologia, direitos e a disseminação da cultura empreendedora para o fortalecimento das práticas inovadoras que trazem melhorias para a própria comunidade."

Veja mais fotos do inicio do projeto...

 

Leia mais...
 
PRORROGADAS AS INSCRIÇÕES PARA O CACHOLA EMPREENDEDORA PDF Imprimir E-mail

inscrições prorr

Projeto vai reunir jovens para desenvolver ideias de empreendedorismo social no Vale do Jequitinhonha

Jovens de Pedra Azul, Itaobim, Ponto dos Volantes, Jequitinhonha e Almenara terão mais uma semana para se inscrever no projeto Cachola Empreendedora, iniciativa da Fundação Telefônica – Vivo (SP). Durante o ano de 2016, o projeto vai promover encontros para estimular o desenvolvimento de soluções empreendedoras para demandas locais, usando tecnologia e muita criatividade. O Cachola é desenvolvido pela ONG CEDEDICA-Vale (Pedra Azul), com o apoio da Casa da Juventude (Itaobim) e da organização MONSA (Almenara).

O principal critério para a participação é o interesse e a disposição para propor ideias transformadoras. Serão selecionados 500 jovens, que vão participar de encontros presenciais nos polos de Pedra Azul, Almenara e Itaobim (conforme proximidade da cidade do participante) e atividades a distância por meio de grupos do Facebook.

A partir de um diagnóstico das demandas dos municípios, os jovens vão propor ideias para solucionar problemas ou potencializar iniciativas de suas comunidades. As ideias serão testadas e desenvolvidas ao longo do ano, com o apoio de educadores e profissionais. Para isso, os jovens terão formações em empreendedorismo, tecnologia, mobilização social e direitos das juventudes. Ao fim do projeto, as soluções propostas poderão ser escolhidas para receber apoio técnico e financeiro da Fundação Telefônica.

O projeto, que está sendo desenvolvido no Vale do Jequitinhonha pelo segundo ano, é parte da Plataforma de Desenvolvimento de Empreendedores “Pense Grande” da Fundação Telefônica, que realiza iniciativas semelhantes nos estados de São Paulo e Pará.

inscreva-se

A inscrição pode ser realizada por meio do formulário disponível online ou presencialmente nos endereços abaixo:

Almenara: Rua Deraldo Guimarães, 85 – Centro (Monsa)

Pedra Azul: Praça Hormino de Almeida, 214 – Centro (CEDEDICA-VALE)

Itaobim -  Rua 02, 171 – São Cristovão (Casa da Juventude)

Mais informações: www.cededica-vale.com.br / 33 3751 3521

 

Serviço: 

O quê: Inscrições abertas para o projeto Cachola Empreendedora – Laboratório de ideias

Para quem: jovens de 15 a 29 anos, moradores de Pedra Azul, Itaobim, Almenara, Jequitinhonha e Ponto dos Volantes.

Quando: até o dia 1º de abril

Onde: online (www.cededica-vale.com.br) ou presencialmente nos endereços

Almenara: Rua Deraldo Guimarães, 85 – Centro (Monsa)

Pedra Azul: Praça Hormino de Almeida, 214 – Centro (CEDEDICA-VALE)

 
Articulando Rede... PDF Imprimir E-mail

Aconteceu no dia 13 de março, na sede do Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Vale do Jequitinhonha, a primeira reunião do ano com os atores da Rede de Proteção e Atendimento à Criança e ao Adolescente de Pedra Azul que é composta de instituições da sociedade civil, programas, serviços entre outros.

 

A reunião teve como objetivos discutir e realizar um diagnóstico do fluxograma de atendimento e articulação das ações para melhorar e ampliar o funcionamento da rede.  Conforme verbalizado pelos profissionais que representaram as instituições que compõe a rede, foi identificado que a rede do município encontra-se desarticulada, não existindo uma comunicação adequada entre as mesmas no que dificulta o acompanhamento dos casos de violação de direitos de crianças e adolescentes. E a Rede de Proteção tem como finalidade assegurar o fortalecimento institucional das entidades, potencializando a exigibilidade dos direitos, favorecendo a articulação e integração dos diversos atores do sistema de garantia de direitos com vista à política de proteção integral de crianças, adolescentes e famílias.

 

O primeiro passo proposto foi o mapeamento do que realmente existe no município no que se refere ao serviço de proteção e atendimento a criança e ao adolescente e qual a função de cada órgão no que tange a este atendimento, ficando os atores da rede, responsáveis de encaminhar ao CEDEDICA-VALE via e-mail, descrição e natureza dos estabelecimentos os quais atuam, a área de atuação e os objetivos.

Os participantes notaram que os desafios e os sonhos se inter-relacionavam, e firmaram estas questões para serem trabalhadas durante o ano que se inicia.

View the embedded image gallery online at:
http://cededica-vale.com.br/#sigProGalleriaa6c6ff5613

 
1, 2, 3: Cachola! CEDEDICA-VALE inicia Oficinas mobilizadoras no Vale do Jequitinhonha PDF Imprimir E-mail

Já estão acontecendo pelo Vale do Jequitinhonha, as oficinas do Cachola Empreendedora, com o intuito de mobilizar jovens do médio e baixo Jequitinhonha para participarem do projeto. Através de dinâmicas e atividades makers, as oficinas estão promovendo, além da apresentação do Cachola, debates sobre os temas Empreendedorismo e Tecnologia com jovens e lideranças locais dos territórios de atuação.

No dia 01 de Fevereiro, as atividades aconteceram na Escola Estadual Cassiano Mendes, em Pedra Azul.  No último sábado, dia 06, foi a vez da cidade de Itaobim, onde as oficinas aconteceram na Casa da Juventude e na Escola Estadual Deys Lopes.  Durante essa semana, as atividades de mobilização serão realizadas também em Almenara, Jequitinhonha, Bandeira, Itinga e Ponto do Volantes.

O Cachola Empreendedora é uma iniciativa da Fundação Telefônica, realizada pelo Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Vale do Jequitinhonha em parceria com a Casa da Juventude e a Monsa.

View the embedded image gallery online at:
http://cededica-vale.com.br/#sigProGalleria2866073dae

 
CACHOLA EMPREENDEDORA ABRE INSCRIÇÕES NO VALE DO JEQUITINHONHA PDF Imprimir E-mail

Projeto vai reunir jovens para desenvolver ideias de empreendedorismo social em suas comunidades

 

Estão abertas, até o 27 de Março, as inscrições para o projeto Cachola Empreendedora – Laboratório de ideias. Durante o ano de 2016, o projeto vai promover encontros entre jovens de municípios do baixo e médio Jequitinhonha e estimular o desenvolvimento de soluções para demandas locais. O Cachola é uma iniciativa da Fundação Telefônica (SP), realizado pelo CEDEDICA-Vale (Pedra Azul), em parceria com a Casa da Juventude (Itaobim) e a organização MONSA (Almenara).

 

Quem pode se inscrever1

 

Podem se inscrever jovens de 15 a 29 anos, moradores de Pedra Azul, Almenara, Itaobim, Ponto dos Volantes, Itinga, Bandeira e Jequitinhonha.  O principal critério para a participação é o interesse e a disposição para propor ideias transformadoras. Serão selecionados 500 jovens, que vão participar de encontros presenciais nos polos de Pedra Azul, Almenara e Itaobim (conforme proximidade da cidade do participante) e atividades a distância por meio de grupos do Facebook.

 

A partir de um diagnóstico das demandas dos municípios, os jovens vão propor ideias para solucionar problemas ou potencializar iniciativas de suas comunidades. As ideias serão testadas e desenvolvidas ao longo do ano, com o apoio de educadores e profissionais. Para isso, os jovens terão formações em empreendedorismo, tecnologia, mobilização social e direitos das juventudes. Ao fim do projeto, as soluções propostas poderão ser escolhidas para receber apoio da Fundação Telefônica.

 

O projeto, que está sendo desenvolvido no Vale do Jequitinhonha pelo segundo ano, é parte do Programa Pense Grande da Fundação Telefônica, que realiza iniciativas semelhantes nos estados de São Paulo e Pará.

INSCREVA-SE AQUI16

 

A inscrição pode ser realizada presencialmente nos endereços abaixo:

 

 

Almenara: Rua Deraldo Guimarães, 85 – Centro (Monsa)

 

Pedra Azul: Praça Hormino de Almeida, 214 – Centro (CEDEDICA-VALE)

 

Itaobim -  Rua 02, 171 – São Cristovão (Casa da Juventude)

 

View the embedded image gallery online at:
http://cededica-vale.com.br/#sigProGalleria32ebba97ab

 

 

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 Próximo > Fim >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL


Desenvolvido por Eleva Brasil

 

elevadores joomla barra funda itaquera